Como ser AUTOCONFIANTE

Autoconfiança é a convicção que uma pessoa tem de ser capaz de fazer ou realizar alguma coisa.”

Essa crença gera uma auto imagem positiva que faz com que a pessoa se sinta bem, adequada e segura. Além disso, contribui para que o indivíduo tenha uma percepção positiva dos ambientes, situações e pessoas, facilitando as conexões interpessoais, tanto no âmbito pessoal como profissional, uma vez que este estado de ânimo potencializa os pensamentos do indivíduo, seus sentimentos e ações.

Algumas pessoas confundem confiança com arrogância. Muitas vezes, está presente no comportamento da pessoa que gostam de chamar a atenção, mostrar aos outros o que possuem ou fazem. Contudo, arrogância não guarda qualquer relação com autoconfiança, já que “é o sentimento que caracteriza a falta de humildade”. É comum conotar a pessoa que apresenta esse sentimento como alguém que não deseja ouvir os outros, aprender algo que não saiba ou sentir-se ao mesmo nível do seu próximo. Isto não é confiança, muito ao contrário. Pessoas que manifestam esse sentimento são, na verdade, extremamente inseguras e precisam desesperadamente se afirmarem.

Confiança vêm de competência, que são as “capacidades humanas que abrangem diferentes conhecimentos, habilidades, pensamentos, caráter e valores de maneira integral nas mais variadas interações que as pessoas têm na vida, no âmbito pessoal, social e profissional”. É o conhecimento, o domínio que uma pessoa tem a respeito de determinado assunto, por exemplo. Quando você é bom em alguma coisa e desenvolve habilidades em determinada área, você se sente confiante de fazer aquilo porque conhece como funciona, o mecanismo, os eventuais riscos e problemas.

Esse conhecimento extraordinário faz com que o indivíduo se destaque naquilo que faz, provocando validações dos colegas de trabalho, amigos e família. Essas validações e o próprio senso de domínio do assunto começará a construir uma nova crença no indivíduo a respeito de quem ele é, do que é capaz de fazer e do que merece ter, a partir da elevação da sua autoestima e da autoimagem que passará a ter. A repetição desse ciclo virtuoso consolidará no indivíduo um novo padrão comportamental (novo condicionamento) que refletirá diretamente nos seus pensamentos e percepção de mundo, sentimentos e ações, gerando novos resultados para a sua vida.

A construção da crença de identidade é a mais importante na vida do ser humano, tendo em vista ser a base da sua estrutura emocional.  A forma como o indivíduo vê o mundo, o tamanho dos seus sonhos, a forma como ele se conecta com as pessoas, tudo vem da sua percepção sobre si mesmo, do seu valor como indivíduo. Assim, fortalecer a crença de identidade, mostra-se fundamental para qualquer pessoa que pretenda ter uma vida de sucesso, seja em que área for.

Aprender a amar a si mesmo, conhecer suas fortalezas para valorá-las, bem como identificar suas limitações para entendê-las e superá-las é o único caminho dessa construção tão necessária. É preciso colocar luz nas nossas sombras, a partir de um olhar amoroso e acolhedor.

Quando o indivíduo se constrói pautando-se em valores sólidos, se amando e sabendo o seu valor, ele é capaz de trazer para a sua vida abundância, sucesso profissional, trabalho produtivo e bem remunerado, saúde física, relacionamentos amorosos saudáveis, lazer, amizade, equilíbrio emocional, Deus, boa relação familiar, dentre outros. Dessa forma, mesmo que algum dia venha a perder tudo o que conquistou, ele será capaz de reconstruir tudo o que já teve um dia, não pelo que ele tem (ter) mas por saber quem ele é (ser), por confiar em si mesmo e sentir-se merecedor de todas as bênçãos do universo!

Convido você a identificar suas competências e suas habilidades!

O que você faz bem?

O que te diferencia em qualquer aspecto da sua vida?

Alguém já te disse que você faz algo bem feito? O que é?

Qual assunto você entende?

Pense a respeito e valore o que você descobriu, pois aí está seu ponto de partida para esta caminhada rumo a autoconfiança.

Se, contudo, você não tiver encontrado nada, independentemente da sua idade cronológica, COMECE AGORA MESMO! Identifique o que você gosta de fazer, sobre quais assuntos gosta de ler, quais são seus interesses, o que mais te instiga e gera curiosidade e comece a aprender sobre aquilo, a exercitar, a buscar cada dia conhecer mais e mais e colocar em prática, até se tornar um perito.

Enquanto estivermos vivos, estaremos aprendendo. É natural ter medo do novo, de algo que não é conhecido ou natural para você. Lembre-se, contudo, que qualquer habilidade pode ser desenvolvida pelo EXERCÍCIO DA REPETIÇÃO! Mesmo que exija certo esforço no começo, porque isso vai acontecer, FAÇA! REPITA! MAIS UMA VEZ! Até que aquilo que era difícil se torne cada vez mais fácil a ponto de ser algo prazeroso. Seja bom naquilo que é importante pra você, pois isso vai te fortalecer e solidificar sua autoconfiança.

A autoconfiança em uma área contribui para que o indivíduo a desenvolva em outras áreas, pelo espelhamento. Sendo ele o co-arquiteto da sua vida, poderá construir, demolir, reformar, eliminar muros e portões, abrir portas e janelas, subir andares que o eleve, reformular o teto para ver o céu, cavar túneis para escoar a sujeira e construir pontes que o ligue às pessoas e situações. Essa será a sua nova casa mental, aberta para o futuro da quinta dimensão, pautado pela autoconfiança e amor próprio.

Sou Daniella Salomão, Master Choach Integral Sistêmico, e estou a disposição para a ajudá-lo até a conquista dos seus objetivos.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *