Como lidar com a dor da Rejeição

A dor da rejeição é uma das feridas mais profundas que o indivíduo pode experimentar. Chega a ser uma dor física de tão forte. É a dor de não pertencer, de não ter sido aceita, de não ser boa o bastante.

Todos já passamos por essa dor em algum momento da nossa vida, desde a mais bonita à mais feia, da magrinha à gordinha, do comunicativo ao tímido.

Quando somos rejeitados procuramos primeiro buscar a resposta no outro, tentando entender o que aconteceu, porque desapareceu, mudou, não ligou, as vezes até sem se despedir.

Mas quando não encontramos essa resposta, a procuramos em nós “o que eu fiz de errado”. E aí começa o bombardeio mental do “eu não deveria ter falado em compromisso”, “eu não deveria ter transado no primeiro encontro” e por aí vai…

O fato é que na maioria das vezes o afastamento do outro não tem a ver conosco, mas com ele mesmo.

Pode ser que o outro tenha baixa autoestima e não da conta de se relacionar com uma pessoa positiva e autossuficiente; pode ser que a conexão com uma pessoa de baixas expecrativas seja mais confortável pro outro naquele momento; pode ser que o outro esteja tão focado em si mesmo que nem percebeu os seus desejos e sentimentos, pode ser que não quer se apegar agora pois seu foco está todo na carreira…são tantas as variáveis que poderíamos ficar falando aqui indefinidamente.

Então a primeira coisa a fazer é PARAR DE SE CULPAR!

Entenda que não é possível controlar todas as coisas, pois tem aí o mundo do outro, suas crenças, emoções, diálogo interno, a forma como ele se vê, etc.

A segunda é entender que ISSO NÃO DEFINE QUEM VOCÊ É!

Essa dor que você está vivendo não te define, não faz de você alguém que não serve!

Ei, você continua sendo essa menina legal, inteligente e cheia de cheia de predicados.

Se essa pessoa não ficou é porque não era a certa pra você! Por isso, é bom que se vá logo, para dar espaço para o outro chegar!

Confia um pouco na vida! Acredite, o que é seu vai chegar! Não se responsabilize por tudo, não coloque tudo na sua conta, isso não é justo com você!

Acolha-se…
Ame-se…
Cuide-se
E lembre-se: Isso vai passar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *